Vegetarianos: Boa gente vs. Praga


Odeio quando me tentam impingir coisas. Seja o que for!
Considero que quem tenta forçar alguém a algo não passa de um violador e merece condenação.
É por isso mesmo, que não posso com grande maioria dos vegetarianos.

Atenção!
Eu disse grande maioria dos vegetarianos... não todos eles, pois considero que também há gente decente.

Porque é que sinto isto?
Porque chego a pensar que o tempo que perdem a tentar convencer-me "de que ser vegetariano é que é" corresponde ao intervalo de tempo necessário ao crescimento da horta e eles desesperam por não terem nada para fazer.

É que já não aguento com tanta propaganda (principalmente) nas redes sociais...


Na escola ensinaram-me que o ser humano é omnívoro, mas como cada um é livre de ser o que quer
uns optam por se alimentar de vegetais e derivados.
Parabéns a eles! Viva a liberdade!

Agora... Eu não posso comer um bom rosbife que sou assassino?
Então e as plantas não são seres vivos?
Juro que tenho isso algures num livro de Ciências da 1ª classe...

Mas o que mais enerva são os argumentos de certos vegetarianos que dizem ser "mais evoluídos" que eu simplesmente porque o seu pequeno almoço é alface, milho e sumo de laranja (ou outra coisa qualquer do grupo destes da roda dos alimentos) que eu mando-os pastar!
É que o meu pequeno almoço só não é um prato de torresmos porque faz mal à figadeira e ninguém me ouve por aí a dizer que derivados de porco é que é! Ou isso ou porque também não quero passar o dia a Kompensan.

Começo a pensar que também os podia tentar convencer de que um hamburguer mal passado é que é, mas acho isso estúpido. Aliás, considero isto tão estúpido como quando me dizem que um empadão de soja é tão bom como um empadão de... carne.
Mas nada contra uma alfacezinha a acompanhar o empadão.
Isso e vinho tinto.

Para mim, deveriam parar com a propaganda pelo vegetal porque julgo que os vegetarianos se estão a tornar as testemunhas de Jeová do mundo da alimentação.
E isso, só por si, é triste.

2 comentários

Enviar um comentário